Sim, se você não anotar tudo no lugar certo provavelmente você vai esquecer. Esse é o segredo para não perder informações: anotar no lugar certo.

A nossa mente não foi feita para armazenar uma quantidade grande de informações, mas ela é fera na hora de processar e analisar o que precisamos fazer.

Nosso cérebro divide as informações armazenadas na memória de curto prazo e longo prazo, mas mesmo nossos melhores registros são fragmentos do que aconteceu, não lembramos 100% da cena ou do fato.

Por isso anotar é fundamental, pois esse registro fora da nossa cabeça “alivia espaço” no nosso cérebro e nos permite fazer o que quiser com a informação.

Antes era só uma ideia intangível, agora passa a ser algo que pode ser rascunhado, planejado e até descartado fisicamente.

No post das 3 sacadas produtivas comentei sobre Caixa de Entrada, olha só meu conceito para ela: “é um lugar seguro onde guardo informações para que depois, com calma e clareza, eu possa organizar e dar fluxo para elas.”

Sempre que preciso anotar algo que não quero perder é pra Caixa de Entrada que mando.

Eu comecei usando um caderno de papel como caixa de entrada, hoje uso o aplicativo Todoist como principal caixa de entrada e tenho muitas outras. Acredito que você também tenha, dá uma olhada na minha lista:

  • Todoist (app para gerenciar tarefas)
  • WhatsApp
  • E-mails
  • Evernote (app de anotação)
  • Caixa de entrada para papéis no escritório
  • Caixa de entrada para papéis em casa
  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Prints e imagens no celular

Quando eu falo em dar fluxo é colocar a tarefa ou informação na lista certa:

  • seja uma próxima ação que eu preciso executar em uma determinada situação
  • seja uma tarefa que eu quero deixar amadurecendo na lista incubadora
  • seja uma ideia de um projeto
  • algo que eu precise lembrar e acessar em uma data específica
  • ou ainda um compromisso

Em resumo, dar fluxo para uma tarefa é fazer ela andar, seguir para o próximo nível.

De nada adianta eu identificar o que eu preciso fazer, anotar, mas não colocar em ação e realmente fazer o que precisa ser feito.

Para que isso funcione é preciso desenvolver o hábito de coletar as informações, “24h por dia / 7 dias por semana”.

Mas e ai, quais caixas de entradas você tem e como você lida com elas!?

Abraço, até o próximo!

 


Referências:

Categorias: Sem categoria

Jonas Perin

nascido em 87, apaixonado pela família, acredita que inspirar as pessoas a serem mais produtivas é uma forma de tornar o mundo melhor.